Quarta, 06 de Julho de 2022
Anúncio
Senado Federal Senado Federal

Amin parabeniza taxista que encontrou carteira com R$ 5 mil em Blumenau

O senador Esperidião Amin (PP-SC) parabenizou, em pronunciamento nesta terça-feira (24), o taxista Edson Schlogl, de Blumenau (SC), que encontrou u...

24/05/2022 às 20h46
Por: Revista START Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Para Esperidião Amin, um país não é feito apenas pelos heróis que vão para o Panteão, mas também quando o caráter e a correção se disseminam na sociedade - Jefferson Rudy/Agência Senado
Para Esperidião Amin, um país não é feito apenas pelos heróis que vão para o Panteão, mas também quando o caráter e a correção se disseminam na sociedade - Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Esperidião Amin (PP-SC) parabenizou, em pronunciamento nesta terça-feira (24), o taxista Edson Schlogl, de Blumenau (SC), que encontrou uma carteira na rua com R$ 5 mil e cartões com suas respectivas senhas. O taxista fez uma mobilização para encontrar a proprietária, que havia deixado o objeto em cima de um carro, não percebeu e saiu dirigindo o veículo.

—  Eu acho que um país não é feito apenas pelos heróis que vão para o Panteão. Um país é feito quando o caráter, quando a correção se dissemina na sociedade — afirmou.

Ele também citou um evento que ocorreu em Blumenau, em julho de 1983, e foi captado pela televisão. No registro, Maria Helena, então enfermeira do Hospital Santo Antônio, foi fazer o pagamento de uma prestação em meio a uma enchente.

— Este é o registro que eu faço para homenagear o Edson Schlogl, a Maria Helena, Blumenau, Santa Catarina e o Brasil, porque somos todos brasileiros e temos bons exemplos para realçar. Nós, várias vezes, nos quedamos diante de um mau exemplo, de uma barbaridade, mas isso é cadastro positivo — disse.

Pesar

Amin também lamentou a morte de Jesse Koz, nos Estados Unidos, perto de Portland. "O catarinense viajava pela América com o seu Fusca 1978 e como se tratava de um influencer internacional, quero registrar aqui o nosso sentimento de pesar”, lamentou o senador.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.